4 Maneiras Inteligentes De Como Consumir Linhaça

 

Há muito tempo vem se falando dos benefícios de como consumir  linhaça, devido ao alto valor nutricional desta semente. Dentre as principais indicações do porquê consumir a linhaça, estão o controle dos níveis de glicose, dos níveis de colesterol, e principalmente, o auxilio no emagrecimento – um dos benefícios pelos quais a grande maioria das pessoas passa a consumir a linhaça diariamente.

A linhaça é ainda, a fonte vegetal mais rica em ômega 3, um nutriente que é essencial para manter o cérebro saudável, além do coração e das articulações, e a linhaça ainda auxilia mulheres no tratamento para reposição hormonal, ajudando a reduzir níveis altos de estrogênio e a regular os níveis baixo do hormônio, o que pode ter um grande impacto nos sintomas da menopausa, eliminando por exemplo, a temida sudorese.

Há ainda estudos ainda em andamento, sobre os benefícios de se consumir a linhaça como prevenção de vários tipos de câncer, dentre eles, o câncer de mama.
Responsável por tantos benefícios, a linhaça tem se tornado um alimento cada vez mais comum na mesa dos brasileiros, e pode ser encontrada de duas formas, que se diferem além da cor, pelo método de cultivo:

Semente marrom: é cultivada pelos métodos tradicionais de plantio, e é a mais comum no Brasil, devido a sua boa adaptação ao clima e ao solo. Tem uma casa mais grossa.
Semente dourada: é orgânica. Tem um sabor mais suave e uma casa um pouco mais fina que a semente marrom, por isso é a mais procurada.

Com relação ao valor nutricional, as sementes de linhaça marrom e dourada diferem muito pouco: enquanto a linhaça marrom tem 22% de proteínas e 44% óleos, a linhaça dourada apresenta 29% de proteínas e 43% de óleos.

Considerada um alimento barato, a linhaça pode ser consumida em mais de uma refeição por dia, e se adapta bem tanto a alimentos comuns do café da manhã, como sucos, pães e frutas, como refeições no almoço e jantar.

 

Como Consumir Linhaça:

como consumir linhaça

1. Triturar a semente: É uma boa alternativa se você tem dificuldade de consumir a linhaça inteira. Triturada, a linhaça pode ser adicionada a todos os tipos de alimentos, desde sucos, pães a saladas. Uma alternativa é torrar a linhaça antes de moê-la. Torrada e moída, a linhaça adquire um aspecto de farinha que pode ser adicionada aos mais variados tipos de alimentos e pratos.
Lembre-se: Você nunca deve cozinhar a linhaça pura, pois o calor a torna um alimento instável. É indicado apenas cozinhar a linhaça quando adicionada a bolos, tortas ou no preparo do feijão depois que este já estiver cozinhando. Sobre o armazenamento da linhaça, mantenha-a sempre em locais frescos, de preferência na geladeira.

2. Mergulhar a linhaça em água e deixá-la descansar por uma noite: é a melhor maneira de absorver todos os nutrientes da linhaça. Pode ser consumida no dia seguinte adicionada a cereais, sucos naturais e iogurtes, salada de frutas, água de coco,

3. Linhaça em óleo: é um fantástico hidratante natural da pele. Bebendo apenas duas colheres de linhaça em óleo por dia, misturadas ao leite, sucos e iogurtes, ou adicionando-a em saladas, por exemplo, você consegue manter a pele sempre hidratada e com aspecto natural.

4. Em cápsulas: é possível ainda, consumir a linhaça em cápsulas que você encontra em lojas especializadas em alimentos naturais, ou ainda pode fazê-la você mesmo. Torrando e moendo a linhaça, é possível colocá-la nas capsulas, porém devido a facilidade de se comprar a linhaça em cápsulas já pronta, não é um método muito utilizado por quem deseja consumir a linhaça.

Importante saber: Apesar de ser uma alimento auxiliar no tratamento da constipação, o consumo da linhaça não é indicado para quem tem problemas intestinais, como a diverticulite, por exemplo.
Com relação a quantidade, não há uma indicação exata sobre o quanto de linhaça é preciso consumir. No entanto, a grande maioria dos nutricionistas indica que uma colher de sopa consumida diariamente, é suficiente. Com a possibilidade e variedade de formas para se preparar e como consumir linhaça, independente da quantidade ideal, a indicação principal é consumir.