? ESPECIALISTAS APELAM: NA PRÓXIMA VEZ QUE FOR ASSAR OU COZINHAR FRANGO, NÃO FAÇA MAIS ISTO!

ESPECIALISTAS APELAM: NA PRÓXIMA VEZ QUE FOR ASSAR OU COZINHAR FRANGO, NÃO FAÇA MAIS ISTO!

*** CLIQUE AQUI: http://www.emagreceresaude.com.br/dietade21dias
*** INSCREVA NO CANAL: http://bit.ly/2f1Ht7h
*** Facebook: https://www.facebook.com/emagreceresaudenatural/
*** http://www.emagreceresaude.com.br

Muitas pessoas se acostumaram a lavar o frango para eliminar os germes e bactérias.

Algumas lavam o frango apenas com água.

Outras preferem a lavá-lo com limão.

E há aquelas que usam água salgada.

Cada um tem sua forma de lavar o frango.

síndrome de Guillain-Barré, Guillain-Barré, cozinhar frango, como cozinhar o frango, como assar o frango, assar frango, bacteria no frango, frango contaminado, bacteria do frango sintomas,

bacteria da carne bovina, como lavar frango corretamente, lavar frango com vinagre, frango cru salmonella, lavar frango com limão, como lavar o frango antes de temperar, lavar frango com agua quente,

salmonella, emagrecer e saude,

O fato é que quem lava o frango antes de cozinhar está cometendo um grande erro.

Em um pedaço de frango, podem viver cerca de 1.000 espécies de bactérias.

A grande maioria deles são inofensivas aos seres humanos.

No entanto, uma delas, a campilobacter, pode causar grave infecção no corpo.

De acordo com a Food Standards Agency (FSA) a agência alimentar britânica, lavar o frango cru com água antes de cozinhar aumenta o risco de contaminação por essa bactéria.

Conhecida como bactéria retorcida, a campilobacter é a forma mais comum de intoxicação alimentar na Grã-Bretanha, e a maior parte dos casos é proveniente de aves contaminadas.

E como ocorre essa contaminação?

O processo de lavagem espalha bactérias campilobacter nas mãos, roupas e em utensílios e superfícies de cozinha, devido ao espirro de gotas de água.

A maioria das pessoas só fica doente por alguns dias, mas a doença pode levar a problemas de saúde a longo prazo, como a síndrome do intestino irritável e a síndrome de Guillain-Barré, uma doença grave do sistema nervoso.

Os principais sintomas da intoxicação por campilobacter são:

– diarreia grave

– dor abdominal

– febre

– vômitos

Em casos graves, a bactéria pode causar até a morte – os que correm mais risco são pessoas com baixa imunidade, crianças menores de 5 anos e idosos.

Talvez você se espante com esta informação, pois infelizmente para a maioria trata-se de uma novidade.

Mas converse com qualquer microbiologista e ele lhe dirá que o hábito de lavar carnes cruas, como a do frango e a do peixe, pode sim trazer riscos à saúde.

É que, durante a lavagem, as bactérias que geralmente vêm nesses alimentos, em vez de irem para o ralo, podem se espalhar ao redor da pia e contaminar suas mãos ou utensílios.

Perca esse hábito imediatamente.

A bactéria que está no frango você vai cozinhar, o fogo vai matar.

E na pia, não.

Ela pode espirrar no prato onde você vai pôr a sua comida, nos talheres ou nas verduras da sua salada.

E isso pode se transformar num problema sério, numa grave infecção.

Além da campilobacter, o frango tem outra bactéria, a salmonela, que também pode causar problemas de saúde.

Mas a campilobacter é muito pior.

Portanto, não precisa lavar o frango antes de cozinhar.

Basta tirar a embalagem, temperar e levá-lo direto ao fogo para assar na travessa ou cozinhar na panela.

E se ele entrar em contato com a pia ou outro utensílio, jogue água fervente por cima da pia ou do utensílio para evitar algum risco de contaminação.

E aí, gostou do vídeo? ENTÃO AJUDE AQUELA PESSOA DE QUEM VOCÊ GOSTA, Enviando ESTE VÍDEO PARA ELA no feicibuk.
Compartilhe beleza : ) !!!

Esta é uma informação sobre tratamentos caseiros.
Ela não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Se você gostou do vídeo curta, compartilhe com amigos e familiares
e aproveite para inscrever se em nosso canal no youtube para saber
mais informações sobre saúde, emagrecimento, remédios caseiros, beleza e bem estar.
Até breve!